GreenCustoms
Knowledge Series No. 9
Identificação de corais
preciosos
Desenvolvido pelo Secretariado CITES
Questões a responder
• Que corais estão incluídos nos anexos da CITES?
• Destes, quais são os preciosos?
• Como identificar os diferentes tipos de
corais precisos
• Como identificar imitações de corais
precisos?
2
Introdução
• Os corais são organismos
marinhos, da classe Anthozoa
existem como pequenas
anémonas, como pólipos,
normalmente em colónias de
muitos indivíduos idênticos
• O grupo inclui os construtores
importantes de recifes que se
encontram nos oceanos
tropicais, que segregam
carbonato de cálcio para formar
um esqueleto rígido
3
Introdução
• Estes grupos de corais estão incluídos nos anexos da
CITES
– Corais negros Antipatharia spp., anexo II
– Corais vermelhos ou rosa (Corallium elatius, C. janexoonicum, C.
konjoi, C. secundum - anexo III, China)
– Coral azul Heliopora coerulea, anexo II
– Corais rocha SCLERACTINIA spp., anexo II
– Corais tuboríferos Tubiporidae spp., anexo II
– Corais de fogo Milleporidae spp., anexo II
– Corais de renda Stylasteridae spp., anexo II
4
Introdução
• Os corais negros, vermelhos/rosa e azuis
compreendem os corais preciosos utilizados em
joalharia e decoração
– Corais negros Antipatharia spp., anexo II
– Corais vermelhos ou rosa (Corallium elatius, C.
janexoonicum, C. konjoi, C. secundum - anexo III, China)
– Coral azul Heliopora coerulea, anexo II
5
Corais preciosos
• Coral vermelho e rosa Corallium spp. Distinguem-se pela
sua durabilidade e cor intensa do seu esqueleto
vermelho ou rosa; são utilizados em joalharia
• Coral negro é o termo dado ao grupo de águas profundas
de corais em forma de árvore e ocorrem nos trópicos
– apesar de seu tecido vivo ser brilhante e colorido, coral negro
tem o nome da cor preta ou castanha escuro distintivo do seu
esqueleto
• Coral azul Heliopora coerulea é um coral naturalmente
azul calcítico, ocasionalmente usado em jóias
6
Coral vermelho e rosa
• Coral vermelho e rosa (Corallium), o
mais valorizado dos corais preciosos,
tem sido apanhado há mais de 5.000
anos
• Por ano, milhões de artigos e milhares
de quilos são comercializados como
jóias ou noutras formas
• O rendimento comercial de corais
preciosos (todas as espécies) atingiu
em 1984 as 450 toneladas, diminuindo
para as 40 ton. 1990, e variando entre
28 e 54 ton. ao longo dos últimos 15
anos
7
8
Coral vermelho e rosa
• Utilizações do coral vermelho
e rosa
– Joalharia
– Objetos de Arte
– Ervanárias e medicina
homeopática
9
Coral vermelho e rosa
• O comércio de Corallium, principalmente na forma de
contas, datadas, pelo menos, do período clássico e
continuo durante a Idade Média, com as principais
exportações de corais do Mediterrâneo a partir de Roma
para a Índia
• Por volta do século XVII os grandes centros do comércio
de coral foram Nápoles, Marselha e Livorno, com as
exportações para a Índia e África Ocidental
• As exportações continuaram até finais de 1800, quando a
Itália começou a importar grandes quantidades de
Corallium do oeste do Pacífico e do Japão e da
reexportar corais trabalhados ​para a Ásia e África
10
Coral vermelho e rosa
• Características suficientes para identificação correta ao
nível da espécie dentro do género Corallium não existe
para esqueletos ou para jóias fabricadas e outras
curiosidades, que compõe a maior parte do comércio
• Identificação taxonómica dos octocorais requer uma
análise microscópica do tamanho, forma e cor dos
escleritos (minúsculos elementos esqueléticos
calcificados) embutidos no coenoquima e na matriz
orgânica do esqueleto axial, que são perdidos quando
processados ​para jóias
CoP14 Prop. 21
11
Coral vermelho e rosa
• Isto é Corallium?
– O verdadeiro Corallium apresenta uma
superfície estriada longitudinalmente
– Corallium de imitação, como o vidro,
porcelana ou calcedónia tingida, pode ser
frio, plástico ou quente, mas as estrias não
são paralelas
– Corais tingidos ou polímeros impregnados
de outras espécies podem ser
identificados pela superfície porosa a qual
pode, ou não, ser preenchida com um
polímero
12
Coral vermelho e rosa
• Isto é Corallium?
– Corallium possui uma textura sólida
– com muito poucos buracos visíveis
na sua superfície externa polida,
além de um aglomerado de buracos
muito finos que são os restos do
canal central do coral
– O Corallium verdadeiro é muito
caro
13
Coral vermelho e rosa
• Isto é Corallium?
– Corallium pode variar de cor desde o
vermelho escuro até rosa ou quase branco
14
Coral vermelho e rosa
• Corallium rubrum
15
Coral vermelho e rosa
• Corallium elatius (anexo III)
16
Coral vermelho e rosa
• Corallium secundum
(anexo III)
17
Coral vermelho e rosa
• Corallium konojoi (anexo III)
• Corallium janexoonicum (anexo III)
18
Semelhantes ao Corallium
• Coral esponja (nome comercial) é feito
por peças tingidas da espécie Melithaea
ochracea da ordem das Gorgonaceais
(não-CITES)
• Pode ser identificado pela sua superfície
áspera e porosa; por um padrão
reticulado em tons mais leves ou
manchas castanhas, ou redemoinhos
que ainda são visíveis em superfícies
polidas, e pelo pigmento vermelho
podem ser visíveis defeitos, e buracos
na superfície polida
• Corais esponja também podem ser
impregnados de resina para aumentar
sua durabilidade
19
Semelhantes ao Corallium
• Coral esponja
20
Semelhantes ao Corallium
• Coral bambu Keratoisis profunda (Família Isididae,
não-CITES) é correntemente utilizado como substituto
de Corallium
• Coral bambu possui um esqueleto que se assemelha
ao bambu - o esqueleto é composto por placas
calcárias separados e ligadas entre si por uma proteína
como a gorgonina
• A cor natural é creme esbranquiçado com riscas
castanhas ou negras
21
Semelhantes ao Corallium
• Coral bambu - esqueleto tem uma superfície mais lisa do
que coral esponja e pode exibir estrias longitudinais
como Corallium
• Às vezes, as secções calcíticas mais duras
são cortadas e tingidas para fazer contas
pequenas; pedaços maiores podem reter
o padrão em faixas
22
Semelhantes ao Corallium
• Coral bambu
23
Semelhantes ao Corallium
• Coral bambu utilizando só as secções calcíticas pode ser
impossível de diferenciar do Corallium, salvo se forem
visíveis evidências de corante por ampliação
24
Coral bambu
(tingido)
25
Coral bambu
(natural)
26
Semelhantes ao Corallium
• Quando os entrenós do
coral bambu são tingidos
de vermelho ou rosa, este
coral pode ser difícil de
distinguir de Corallium,
salvo se se observarem
evidências de corante ou
cera
27
Coral negro
• Coral negro é o nome dado ao grupo
dos corais de águas profundas, em
forma de árvore e que ocorrem
normalmente nos trópicos
(Antipatharia spp. anexo II)
– apesar do seu tecido vivo ser brilhante e
colorido, o coral negro deve o seu nome
à cor preta ou castanha escuro distintiva
do seu esqueleto
– O esqueleto é feito de uma proteína
dura, chamada queratina ou
gorgonina, que não é muito
mineralizada
28
Coral negro
• Também é uma característica única do coral negro a
existência de pequenos espinhos que cobrem a
superfície do esqueleto (corais negros também são
conhecidos por ‘coral espinho'
– Devidamente preparados, os pedaços polidos
assemelham-se aos corais rocha em termos
de durabilidade e beleza, e pode excedê-los
em valor
– No coral negro muito bem polido , as cores
variam do preto ao castanho-escuro
e ao dourado
– Coral negro é 'termoplástico‘
(que pode ser moldado com
o calor)
29
Coral negro
• Coral negro pode ser identificado pela presença de
espinhos finos radialmente dispostos em secções não
polidas, e os restos dos espinhos podem ser visíveis em
superfícies polidas sob a ampliação
– Embora tenha uma superfície negra, quando fortemente
iluminado, pode brilhar através das diversas camadas, dando
uma cor de cera castanho avermelhadas na qual a estrutura dos
espinhos é obvia
– A aplicação de um alfinete quente irá liberar
um odor a cabelo queimado salgado
– Corte transversal da secção
aparece como a secção
transversal de uma árvore
30
Coral azul
• Coral azul Heliopora coerulea (anexo II) é
um coral naturalmente azul calcítico que
possui um valor limitado em joalharia
devido à sua porosidade
– A cor azul deve-se à deposição de sais de
ferro no esqueleto de carbonato de cálcio
– O esqueleto azul também é popular no antigo
comércio marítimo e utilizou-se em jóias e
ornamentos
– A superfície porosa, relativamente lisa tem
poros de dois tamanhos - poros grandes de
0,7-1,0 mm de diâmetro e poros pequenos de
0,1 mm de diâmetro)
31
Coral azul (imitação)
• Imitação de coral azul
32
Resumo
• Os corais vermelho/rosa, negros e azuis são conhecidos
por corais precisos
• São amplamente utilizados em joalharia e ornamentação
• Diversas espécies de corais não-CITES podem ser
tingidos ou trabalhados de forma a imitarem os corais
preciosos
• Observar com ampliações (10x) pode ajudar a identificar
os corais precisos
33
Secretariado CITES
Genebra
www.cites.org
34
Descargar

Identificação de corais preciosos