Mito e mitologia
Demétrio Alves Paz
O que é um mito?



“O mito é uma história, uma fábula simbólica, simples e
tocante, que resume um número infinito de situações mais
ou menos análogas. O mito permite a identificação imediata
de determinados tipos de relações constantes, destacandoos do emaranhado das aparências cotidianas.” (Rougemont,
2003, 28)
“O mito é sempre um jogo de luz e sombra, descoberta e
recobrimento, ao mesmo tempo ingênuo e complexo,
transparente e enigmático.” (Bricout, 2003, 14)
“Se seus contornos por vezes se esfumaçam, é porque elas
foram incessantemente modeladas e remodeladas na
literatura e nas artes, cada época moldando-as à sua
própria imagem.” (Bricout, 2003, 15)
Funções do mito





Para que servem os mitos? Joseph
Campbell (1998:32) nos diz que os
mitos possuem quatro funções. São
elas:
1- Mística
2- Cosmológica
3- Sociológica
4- Pedagógica
Tipos de mitos





Victor Jabouille (1993:33-34) propõe, em sua
obra Do mythos ao mito, a seguinte divisão para
os mitos:
Mito cosmogônico – é aquele que trata da origem
e formação do mundo.
Mito teológico – é aquele que trata do
nascimento, das histórias, casamentos e
genealogias dos deuses.
Mito antropogônico – é aquele que trata da
origem do homem.
Mito antropológico – é o prolongamento do mito
anterior, em que o desenvolvimento e as
características dos seres humanos são narrados.



Mito etiológico – é aquele que trata da
origem das pessoas, animais, plantas,
lugares, tradições, buscando o porquê dos
nomes.
Mito naturalista – é aquele que busca nos
fenômenos naturais a explicação da
origem dos deuses.
Mito cultural – é aquele que trata de como
certos heróis, por meio de seus atos,
melhoraram as condições do ser humano.



Mito moral – é aquele que emite um juízo
de valor, baseando-se numa história em
que ocorra a luta entre duas forças
opostas, o Bem e o Mal, anjos e
demônios, etc.
Mito soteriológico – é aquele que trata dos
mistérios, da iniciação, de rituais e da
redenção do ser humano.
Mito escatológico – é aquele que trata do
fim do mundo.
Fontes da mitologia grega







Literatura:
Ilíada e Odisséia, de Homero
Teogonia, de Hesíodo
Dramaturgos:
1 – Ésquilo
2 – Sófocles
3 – Eurípides
Deuses do Olimpo




ZEUS (Júpiter) - deus supremo, deus
do Olimpo. É considerado o pai, o rei
dos deuses e dos homens.
POSEIDON (Netuno) - deus dos
mares.
HADES (Plutão) - deus dos infernos e
dos mortos.
ARES (Marte) - deus da guerra.




HEFESTOS (Vulcano) - deus do fogo,
ferro, bronze, prata, ouro e todas as
matérias fusíveis.
APOLO ou FEBO - deus da música, da
poesia, da eloqüência, da medicina, dos
augúrios e das artes.
HERA (Juno) - deusa dos amores
legítimos, mulher de Zeus. Ciumenta e
vingativa, ela perseguiu todas as amantes
de Zeus e seus filhos com outras
mulheres.
HÉSTIA (Vesta) - deusa do fogo.




ATENA (Minerva) - deusa da
sabedoria.
DEMÉTER (Ceres) - deusa da
agricultura.
ÁRTEMIS (Diana) - deusa da caça e
da lua.
AFRODITE (Vênus) - deusa do amor
e da beleza.
Yin e Yang
Descargar

Mito e mitologia