O CÉREBRO SAUDÁVEL
José Salomão Schwartzman
Professor Titular
Pós-graduação da Universidade Presbiteriana Mackenzie
neurônios em recém-nascidos e adultos
crescimento celular no córtex cerebral (0 a 2 anos)
sinapse
Alguns mitos sobre o cérebro

utilizamos cerca de 1% a 10% do nosso cérebro

precisamos, portanto, aprender a utilizar os demais
90% a 99%
Utilizamos apenas 10% do nosso cérebro?
Precisamos aprender a utilizar os outros 90%?
Alguns mitos sobre o cérebro

o cérebro é constituído por áreas distintas, cada
uma delas altamente especializada na realização de
determinada tarefa ou função

temos “centros” da fala, da
escrita, da raiva, do pensamento,
da religiosidade, do amor aos vinhos etc
Frenologia (Gall 1758 – 1828)
Fisiognomia
American Phrenological Journal, 1850
Alguns mitos sobre o cérebro

a plasticidade cerebral é uma propriedade dos cérebros
imaturos

a possibilidade de aprender é característica dos
cérebros jovens

portanto, à medida que envelhecemos, vamos perdendo
gradualmente esta possibilidade
Podemos modificar nossos cérebros?
histórico (Diamond, 1988)

no início da década de 1950, vários estudos demonstraram que ratos que
haviam sido expostos a “ambientes enriquecidos” no início de suas vidas
aprendiam melhor tarefas em labirintos do que ratos que haviam crescido
em “ambientes não enriquecidos”

a questão que se colocou, então, é se estes ratos que haviam sido criados
em “ambientes enriquecidos” diferiam dos outros não apenas no que se
refere ao comportamento, mas também à química cerebral

encontraram, nestes animais, uma maior concentração cerebral de
acetilcolinesterase
Podemos modificar nossos cérebros? histórico
(Diamond, 1988)
Podemos modificar nossos cérebros?
histórico (Diamond, 1988)

os estudos iniciais demonstraram claramente que havia
diferenças estruturais entre os cérebros de animais criados
em “ambientes enriquecidos” por 80 dias (do dia 25 ao 105)
e de animais-controle

os “ratos enriquecidos” apresentavam córtices mais espessos,
com um distanciamento maior entre as células,
principalmente nas camadas externas

a contagem dos neurônios e células gliais por campo
microscópico não revelou diferenças entre os 2 grupos
Podemos modificar nossos cérebros?
histórico (Diamond, 1988)



animais “enriquecidos” têm maior arborização dendrítica nas células
estreladas da camada II do córtex occipital (área 18)
animais “enriquecidos” têm mais ramos dendríticos em células piramidais
em células cerebelares de macacos “enriquecidos” foi observada
quantidade maior de pequenos ramos dendríticos do que em macacos
“não enriquecidos”
célula piramidal
Podemos modificar nossos cérebros?
histórico (Diamond, 1988)

a autora observou uma tendência, embora não significativa, em ratos
recém-natos produtos de mães “enriquecidas”, de apresentarem córtices
mais espessos do que ratos nascidos de mães “não enriquecidas”

os pesos de nascimento destas 2 populações diferiam de forma
significativa no sentido de que os filhos de mães “enriquecidas” pesavam
6% mais
Condicionamento físico e funções Cognitivas em
idosos (Colcombe e Kramer, 2003)

metanálise

estudos envolvendo indivíduos entre 55 e 80 anos

trabalhos publicados de 1996 a 2001
Condicionamento físico e funções cognitivas em
idosos (Colcombe e Kramer, 2003)

grupo controle

grupo experimental:

treino de condicionamento

treino de condicionamento e musculação

curtos: 15 – 30 minutos

moderados: 31 – 45 minutos

longos: 46 – 60 minutos



1 – 3 meses
4 – 6 meses
mais de 6 meses
Condicionamento físico e funções cognitivas em idosos
(Colcombe e Kramer, 2003)
controles
exercício
f. executivas
controle
f. espaciais
tipo de tarefa
rapidez
Condicionamento físico e funções cognitivas em
idosos (Colcombe e Kramer, 2003)

os estudos demonstram, de forma inequívoca, efeito
positivo do condicionamento físico sobre várias
atividades cognitivas

condicionamento promoveu aumento da
performance 0,5 DP em média, independentemente
do tipo de tarefa cognitiva, do método de
treinamento e das características dos participantes
Condicionamento físico, plasticidade cortical e
envelhecimento. Colcombe et al., 2004


estudo com 41 idosos livres de problemas psiquiátricos
tarefa de atenção seletiva

estudo 1(transversal)



sub-grupo com bom melhor desempenho físico
sub-grupo com pior desempenho físico
estudo 2 (longitudinal)


sub-grupo com treino aeróbico
sub-grupo com alongamento
Condicionamento físico, plasticidade cortical e
envelhecimento. Colcombe et al., 2004


resultados
tarefa de atenção seletiva

estudo 1(transversal)



sub-grupo com bom melhor desempenho físico
sub-grupo com pior desempenho físico
estudo 2 (longitudinal)


sub-grupo com treino aeróbico
sub-grupo com alongamento
Condicionamento físico, plasticidade cortical e
envelhecimento. Colcombe et al., 2004


resultados
tarefa de atenção seletiva

estudo 1(transversal)



sub-grupo com bom melhor desempenho físico
sub-grupo com pior desempenho físico
estudo 2 (longitudinal)


sub-grupo com treino aeróbico
sub-grupo com alongamento
Colcombe et al., 2004
os participantes deveriam apertar um botão com a mão direita quando a seta central apontasse
para a direita e um botão com a mão esquerda quando a seta apontasse para o lado esquerdo
congruente
ou
fixação
atenção
incongruente
Colcombe et al., 2004
MFG: giro frontal médio SPL: lóbulo parietal superior ACC: córtex cingulado anterior
áreas envolvidas na atenção seletiva e respostas à estímulos conflitantes
+ condicionados > - condicionados
+ condicionados > - condicionados
- condicionados > + condicionados
Plasticidade do sistema nervoso
neurogênese

evidências recentes demonstram que certas áreas cerebrais
retém a possibilidade de gerar novos neurônios (em
roedores, primatas não humanos e humanos adultos)

a proliferação celular no giro denteado do hipocampo de
ratos adultos é mais significativa nos animais que são criados
em ambientes enriquecidos

no camundongo adulto, atividade física (corrida) aumenta
esta proliferação celular (van Praag, Kempermann e Gage,
1999)
Plasticidade do sistema nervoso
neurogênese

o número de neurônios gerados no giro denteado
(hipocampo) de ratos adultos duplica em resposta a treinos
em tarefas de aprendizagem associativa (que requerem a
participação do hipocampo)

estes resultados indicam que estes neurônios recém gerados
são afetados e potencialmente envolvidos na formação de
memórias associativas
Plasticidade do sistema nervoso
neurogênese (Eriksson et al., 1998)

foi demonstrada neurogênese no hipocampo de homens com
idade média de 64,4 +- 2,9

estes indivíduos haviam recebido injeção de
bromodeoxiuridina, com finalidades diagnósticas

neurônios com o DNA marcado por esta substância foram
identificados em espécimes cerebrais destes pacientes
Otimismo, hostilidade cínica e doença
coronariana incidental. Tindle et al., 2009


participantes: 97 253 mulheres pós-menopausa (50 a 79
anos)
instrumentos:



life orientation test-revised (otimismo)
Cook Medley Questionnaire (hostilidade cínica)
resultados:

otimismo associado com incidência menor de doenças
cardiovasculares e menor mortalidade

hostilidade cínica associada com aumento na mortalidade em
geral e na mortalidade associada a câncer
risco de comprometimento da memória
e declínio cognitivo com a idade
1/2
2x
4x
risco de comprometimento da memória
e declínio cognitivo com a idade
hipertensão arterial não tratada
1/2
2x
4x
risco de comprometimento da memória
e declínio cognitivo com a idade
níveis elevados de colesterol
1/2
2x
4x
risco de comprometimento da memória
e declínio cognitivo com a idade
múltiplos traumatismos cranianos
associados ao coma
1/2
2x
4x
risco de comprometimento da memória
e declínio cognitivo com a idade
níveis elevados de estresse e depressão
1/2
2x
4x
risco de comprometimento da memória
e declínio cognitivo com a idade
programa regular de exercícios
1/2
2x
4x
risco de comprometimento da memória
e declínio cognitivo com a idade
hábito de ler e de aprender
1/2
2x
4x
risco de comprometimento da memória
e declínio cognitivo com a idade
atividades de lazer e sociais
1/2
2x
4x
Arthur, (97) (trabalhou até há 4 anos) e Isabel, (95) casados há
73 anos moram sozinhos
Elvira (86) pega dois ônibus para ensaiar em um coral
Yolanda (82) faz ioga, nada, anda de jet ski no rio Guaíba,
voou de paraglider há 3 anos e dirige seu próprio carro
George Burns viveu 100 anos
vovó Moses (1860-1961) começou a pintar aos 78 anos de idade
Descargar

O Cérebro saudável - José Salomão Schwartzman