MODISMOS ALIMENTARES
Profa. Celeste Elvira Viggiano
1
MODISMOS ALIMENTARES
Estima-se que no Brasil, 40% da
população adulta
apresente algum
grau de obesidade.
2
MODISMOS ALIMENTARES
Concomitante ao problema de saúde
pública o final do século 20 se
caracterizou pela valorização do corpo
jovem e perfeito.
3
MODISMOS ALIMENTARES
Busca constante para obter esse ideal
de beleza e a aceitação social
X
A ciência pouco conhece sobre as
causas, etiologia e tratamento do peso
excessivo
4
MODISMOS ALIMENTARES
A
obesidade
tornou-se
uma
“indústria” muito lucrativa.
A mídia vende imagens de homens e
mulheres diferentes do cidadão
comum.
5
MODISMOS ALIMENTARES
A preocupação com a saúde
passou a ser a busca de corpos
“saudáveis” à qualquer custo,
mesmo da saúde.
6
MODISMOS ALIMENTARES
Uma incoerência ?
Com certeza
7
MODISMOS ALIMENTARES
A cada ano aumenta a busca de
formas fáceis de emagrecimento que
envolve clínicas, spas, revistas
femininas, simpatias, fórmulas e
livros de autoria de profissionais de
saúde ou de leigos e dietas criadas
por atrizes e atletas.
8
MODISMOS ALIMENTARES
As jovens são mais vulneráveis pois a
pressão social sobre elas é muito
grande, exigindo que se enquadrem
nos padrões estéticos.
9
MODISMOS ALIMENTARES
Dietas restritivas e freqüentes
alterações de massas corporais são
prejudiciais
nas
fases
de
desenvolvimento.
10
MODISMOS ALIMENTARES
Devemos nos preocupar com distúrbios
do comportamento alimentar (anorexia
nervosa, bulimia e distúrbio do comer
compulsivo) aos quais as mulheres
jovens, são mais suscetíveis.
11
MODISMOS ALIMENTARES
Produtos aparentemente inofensivos:
• Drogas que acarretam alterações
metabólicas, cardíacas e neurológicas.
• Ou que podem ocasionar no mínimo
aumento da ansiedade para resolução
do problema do peso.
12
MODISMOS ALIMENTARES
Descreveremos as dietas mais
populares e atuais
13
MODISMOS ALIMENTARES
Em 1863, um cirurgião inglês, Willian Harvey,
inventou uma dieta para obesidade que
proibia especificamente os carboidratos,
enquanto permitia carnes à vontade.
(A critique of low-carbohydrate ketogenic weight
reduction regimens, 1973)
14
MODISMOS ALIMENTARES
• Nas décadas de 50 e 60 foram
reportados um ciclo de dietas com as
mesmas características de restrição de
carboidratos, sem restrição calórica,
protéica e lipídica.
• Com objetivos em comum = a perda
rápida de peso e sem passar fome.
15
MODISMOS ALIMENTARES
Variações da dieta têm sido descritas
• 1953 por Pennington (“Treatment of
Obesity With Calorically Unrestricted
Diets”)
• 1960 pela “Air Force Diet”
• 1961 por Taller ("Calories Don’t Count”)
16
MODISMOS ALIMENTARES
• 1964 como “The Drinking Man’s Diet”
• 1967 por Itman
• 1972 por Atkins (“Dr. Atikins Diet Revolution”)
Quando se deu a popularização da dieta
17
MODISMOS ALIMENTARES
Foi um grande sucesso de público,
porém desaparecendo rapidamente
quando se relacionou uma alimentação
rica em gorduras com os altos índices
de
mortalidade
por
doenças
coronarianas.
18
MODISMOS ALIMENTARES
Esquecida por quase três décadas
Os índices de obesidade e óbitos por
doenças cardíacas aumentaram nos
Estados Unidos e mundialmente.
Assim sua popularidade retorna mais
uma vez com a proposta de combate à
obesidade.
19
MODISMOS ALIMENTARES
A dieta cetogênica por definição contém
um aporte baixo de carboidratos
Baseia o VET da dieta nas gorduras e
valores variáveis de proteína, sendo
quase sempre rico em proteínas
20
MODISMOS ALIMENTARES
A explicação para tamanha restrição
glicídica, segundo aqueles que pregam
a dieta, é a diminuição dos níveis de
insulina sanguínea
21
Carboidratos são as principais fontes de
glicose
Sua ingestão eleva a taxa de glicose no
sangue levando a uma secreção em massa
de insulina.
22
Não ocorrendo esse processo os níveis
sanguíneos de insulina estarão baixos.
23
MODISMOS ALIMENTARES
Na tentativa constante de gerar energia e
a necessidade da manutenção das taxas
de glicose
Inicia-se uma cadeia de reações
metabólicas.
24
MODISMOS ALIMENTARES
Primeiramente, depletam-se os estoques
corporais de glicose
Depois serão as proteínas para geração de
energia e em seguida a gordura corporal
25
MODISMOS ALIMENTARES
Quando o organismo utiliza grande
parte da gordura corporal como fonte
energética
Há a formação de substâncias chamadas
de corpos cetônicos
26
MODISMOS ALIMENTARES
Aumento da concentração dos
cetônicos no sangue e nos tecidos
diminuição do pH sanguíneo
corpos
leva a
Esta condição precisa ser revertida pois em
longo prazo pode levar a uma acidose
metabólica, e conseqüentemente ao coma.
27
MODISMOS ALIMENTARES
Além da diminuição do pH sanguíneo, o
excesso de corpos cetônicos no sangue
causa também aumento da excreção de
urina
O que aparentemente leva a perda de
peso, porque a pessoa perdeu água
28
MODISMOS ALIMENTARES
Portanto,não há efetividade no uso
desta dieta
29
MODISMOS ALIMENTARES
Dieta do Dr. Atkins
Robert Atkins criou essa dieta e publicou
um livro sobre ela na década 70.
É uma dieta cetogênica (com grande
formação de corpos cetônicos) com alto
teor de gorduras e pouco carboidrato
30
MODISMOS ALIMENTARES
Com a restrição de carboidratos
desencadeia-se uma “fome crônica”
É carente em fibras alimentares e
ácido ascórbico.
Eleva
rapidamente
os
níveis
sanguíneso de colesterol, triglicérides
e ácido úrico.
31
MODISMOS ALIMENTARES
Dieta de Beverly Hills
Idealizada por Judith Mazel, preconiza
que as enzimas encontradas em frutas
como o abacaxi e o mamão papaia
aceleram a mobilização do tecido
adiposo para produção de energia.
32
MODISMOS ALIMENTARES
Sem embasamento em evidências
científicas, é uma dieta baseada em
frutas, em grandes quantidades, em
todas as refeições.
33
MODISMOS ALIMENTARES
Carente em proteínas, gorduras,
cálcio, Vitamina D, E e B12 e ferro
Torna-se
hipocalórica
pela
monotonia e pelo valor calórico
baixo dos alimentos consumidos.
34
MODISMOS ALIMENTARES
Proporciona perda de peso a curto
prazo
Limita-se a ser utilizada por um breve
período de tempo havendo retorno
aos antigos hábitos alimentares e
novo ganho ponderal.
35
MODISMOS ALIMENTARES
Dieta da Lua
A dieta preconiza que a cada
mudança de fase da lua, se consuma
por 24 horas alimentos líquidos.
36
MODISMOS ALIMENTARES
É carente em proteínas e dependendo
dos alimentos consumidos também em
gorduras.
Valor energético reduzido ou não.
Pode ocorrer redução calórica brusca.
Há grande perda de água, mas reposta
pelos alimentos consumidos.
37
MODISMOS ALIMENTARES
Há perda ponderal, mas não de tecido
adiposo pois o tempo de restrição
energética é muito curto.
Há perda de tecido muscular.
É carente em quantidade e qualidade
de nutrientes, dependendo da escolha
dos alimentos.
38
MODISMOS ALIMENTARES
Não mudará hábitos alimentares
E não deverá corrigir definitivamente
o excesso de peso.
39
MODISMOS ALIMENTARES
Dieta da Sopa
Preconiza-se o consumo único de
sopa preparada com vários legumes,
principalmente repolho, três vezes ao
dia, por uma semana.
40
MODISMOS ALIMENTARES
Similar à dieta da lua em composição
Com o agravante de utilizar-se a dieta
líquida por um tempo maior.
Possivelmente espolia as
reservas
corporais de ferro e outros minerais e
vitaminas.
Não leva à reeducação alimentar.
41
MODISMOS ALIMENTARES
Dieta da USP !!!
Que não foi elaborada ou prescrita
pelos nutricionistas da Universidade
de São Paulo.
42
MODISMOS ALIMENTARES
Propõe uma combinação bizarra de
alimentos.
É dieta cetogênica muito reduzida em
carboidratos.
Mobiliza grande proporção de massa
muscular, perda importante de água
intracelular e eletrólitos.
43
MODISMOS ALIMENTARES
Posteriormente
adiposa.
perda
de
massa
• Apresenta as mesmas contraindicações da dieta do Dr Atkins
• Agravante de conter café e chá mate
em grande quantidade
44
MODISMOS ALIMENTARES
Reduz o peso sem levar à aquisição
de novo hábito alimentar e estilo de
vida.
Como as demais dietas só traz
resultados imediatos.
45
MODISMOS ALIMENTARES
Dieta Espírita
Segue dogmas da doutrina espírita,
porém sem o aval da Federação
Espírita.
46
MODISMOS ALIMENTARES
É uma dieta cetogênica também, e
hipocalórica.
“Se houver transgressão da dieta,
haverá punição dos espíritos...nada
foge ao controle do mundo espiritual
Tudo é observado pelos espíritos”.
47
MODISMOS ALIMENTARES
Assim como as demais dietas
cetogênicas, reduz o peso e trará os
mesmos inconvenientes.
É importante lembrar do misticismo que
envolve esta dieta.
48
MODISMOS ALIMENTARES
Dieta da Bruxa
Baseada no livro A cozinha da Bruxa
de autoria de Márcia Frazão.
Os alimentos são relacionados aos
planetas e cada um deles dá poder ao
alimento que rege.
49
MODISMOS ALIMENTARES
É também considerado o dia e horário
do planeta, assim o alimento deve ser
preparado naquele dia e hora para
aproveitar intensamente a energia
conferida por ele.
50
MODISMOS ALIMENTARES
Se for seguido fielmente, a refeição vira
um “feitiço”.
Esta dieta é relacionada à sentimentos
e
emoções
como
coragem,
sensualidade, tranqüilidade...
51
MODISMOS ALIMENTARES
Incentiva o consumo de vegetais,
cereais integrais, leite.
É hipocalórica, e possivelmente leva ao
emagrecimento.
Não promove reeducação alimentar.
52
MODISMOS ALIMENTARES
A grande maioria das dietas de moda
leva realmente a perda de peso em
pouco tempo.
Pode ser vantajoso para algumas
pessoas que querem resultados a curto
prazo.
53
MODISMOS ALIMENTARES
Quando
interrompidas,
provocam
aumento de peso, muitas vezes
superando o anterior.
O que leva ao desestímulo pois é uma
busca que nunca atinge seu objetivo.
54
MODISMOS ALIMENTARES
A questão da obesidade é
complexa
e necessita de mais investigação
para
que se chegue a um consenso
55
MODISMOS ALIMENTARES
•
•
•
•
•
•
•
Dietas nutricionalmente equilibradas
Redução calórica gradual
Sem restrições drásticas
Ricas em fibras alimentares
Fracionadas
Adaptadas ao estilo de vida
Às intolerâncias e preferências alimentares
56
MODISMOS ALIMENTARES
• Prescritas
individualmente
e
acompanhadas por
nutricionista
especializado
• Com apoio de equipe multiprofissional
- psicólogo
- terapeuta corporal
- médico
57
MODISMOS ALIMENTARES
Talvez sejam o caminho para mudar o
comportamento alimentar e atingir a
meta de todos : eutrofia e saúde global.
Para tanto é necessário educação
nutricional para obesos e não obesos.
58
MODISMOS ALIMENTARES
Alimentação é a base da
prevenção e tratamento da
obesidade
59
MODISMOS ALIMENTARES
E os nutricionistas através de suas
entidades de classe e na sua prática
diária.
Devem tomar posicionamentos que não
permitam que essa “indústria da
obesidade” contribua ainda mais para
elevar a prevalência da obesidade.
60
MODISMOS ALIMENTARES
Nenhuma parte deste informe poderá ser reproduzida ou
modificada, sob qualquer forma ou qualquer meio, eletrônico
ou mecânico, fotocópias ou outros mecanismos sem
autorização prévia e por escrito.
61
Descargar

Dietas e Modismos Alimentares