Guia
do
e-Formando
Guia do e-Formando
Nota Introdutória
O Guia do e-Formando destina-se a todos os que iniciam
agora a sua viagem no e-Learning. Este Guia, de
consulta rápida, tem como objectivo enquadrá-lo nos
termos e na metodologia do curso em que irá ingressar
e, em última instância, pretende contribuir para que
usufrua ao máximo desta experiência formativa.
Março 2004
Guia do e-Formando
Principais Conceitos
Formação a Distância
Forma de organização da formação que é caracterizada fundamentalmente pela
flexibilidade temporal (e.g. Aprendizagem individualizada e de acordo com o ritmo do
formando) e espacial (não obrigatoriedade da presença do formando num espaço de
formação específico).
E-Learning
Trata-se de formação a distância mediada/suportada pelas tecnologias internet,
permitindo a transformação da informação em conhecimento, independentemente da hora
ou local. Trata-se, assim, de um processo que integra formação on-line e gestão do
conhecimento.
Março 2004
Guia do e-Formando
O Desafio do e-Learning
O e-Learning, quando aproveitadas ao máximo as suas potencialidades, pode-se tornar
uma metodologia poderosa pois permite uma aprendizagem flexível em tempo, espaço e
conteúdos, através de uma rede tecnológica que interliga os diferentes actores no
processo de aprendizagem (formadores ou tutores e formandos).
Mas, por se tratar de uma metodologia individualizada, baseada no ritmo individual de
cada um, é necessário muita motivação pessoal e persistência.
Como regra, exige a gestão do próprio horário de estudo, e a decisão sobre o “quando” e
“como” deverá “navegar” através dos módulos/conteúdos do curso.
No entanto, se for feita uma Gestão do Tempo eficaz e cuidadosa, o formando sentir-seá em controle da sua própria aprendizagem, ficando o limite do conhecimento residente
unicamente em nós próprios!
Março 2004
Guia do e-Formando
Pistas para o Sucesso
Como temos a certeza que estamos a tirar o máximo proveito desta experiência?
Aqui estão algumas dicas para ajudar o Formando a aproveitar as vantagens do e-learning:
- Reserve um período de tempo tranquilo para estudar
- Discuta o seu horário de estudo com o seu chefe, colegas e família
- Tenha consideração para com os outros
- Fixe objectivos de aprendizagem realistas
- Seja um participante activo
- Interaja com o seu grupo de aprendizagem
- Reflicta sobre o que aprendeu
- Use os recursos disponíveis
- Partilhe o que aprendeu
Com o e-learning a formação torna-se mais flexível, personalizada e divertida.
Para que seja eficaz, é preciso no entanto que cada Formando se veja como o responsável pelo desenvolvimento
do produto final: o PRÓPRIO FORMANDO!!!
Março 2004
Guia do e-Formando
Ferramentas de Comunicação
no e-Learning
No e-Learning existem dois tipos de Ferramentas de Comunicação, as quais o Formando
deverá conhecer para que possa tirar o melhor partido das mesmas:
Síncronas – Ferramentas que permitem a comunicação em tempo real. Estas ferramentas
permitem um feedback imediato e constituem um instrumento de trabalho muito útil para o
desenvolvimento de trabalhos em grupo.
Exemplos de Ferramentas de Comunicação Síncronas: Chat, Partilha de Aplicações.
Assíncronas - Ferramentas que permitem a comunicação em tempo diferido. Estas ferramentas
permitem ao formando comunicar de acordo com o seu ritmo e disponibilidade. Facultam
ainda a possibilidade de comunicação massiva e o enriquecimento do Sistema de Formação.
Exemplos de Ferramentas de Comunicação Assíncronas: Fórum de Discussão, e-Mail.
Março 2004
Guia do e-Formando
O Papel do e-Formador
•
Compreender e analisar os mecanismos de aprendizagem dos adultos;
•
Identificar as características dos formandos adultos;
•
Identificar os factores facilitadores da autonomia dos formandos;
•
Comportar-se e agir de acordo com os estilos de aprendizagem e características dos
formandos;
•
Optimizar o seu papel como tutores e facilitadores da aprendizagem:
•
Construir uma relação interpessoal sólida com os formandos;
•
Identificar os estádios individuais de aprendizagem e planear objectivos realísticos para as
diferentes fases;
•
Motivar os formandos eficazmente e incentivar o espírito de auto-motivação.
Março 2004
Guia do e-Formando
Desafios para os e-Formandos
O Papel do Formando é Aprender. Perante situações diversas de aprendizagem, o desafio
desta tarefa requer Motivação, Planificação, Gestão de Tempo e Capacidade para
Analisar e Seleccionar informação.
Alguns DESAFIOS para o e-Formando:
•
Saber o que precisa de Aprender
•
Ser responsável pela sua Aprendizagem
•
Conhecer a forma como Aprende
•
Identificar as suas Dificuldades e encontrar Estratégias para as Superar
•
Partilhar as suas Experiências e Dificuldades
•
Avaliar a sua Aprendizagem.
Março 2004
Guia do e-Formando
NetEtiquet@
Comunicar na Internet requer alguns princípios...
•
Fale, não GRITE! - Combine letras maiúsculas e minúsculas, da mesma forma que na
escrita comum. Nunca se esqueça que na Internet, escrever em maiúsculas é o mesmo que
gritar!
•
Enfatise, se precisar... - Utilizando os recursos de _sublinhar_ (colocando palavras ou
frases entre sublinhados) e “importante” (palavras ou frases entre aspas).
•
Emocione-se, porque não? - Os emoticons (ou smileys) são ícones formados por
parênteses, pontos, vírgulas e outros símbolos do teclado. Eles representam caras
desenhadas na horizontal, e denotam emoções. Alguns exemplos: :-) – Sorrir; ;-) – Piscar
o Olho; &-) – Chorar; :-( - Chateado.
•
Deixe os Outros Falar... – Sempre que visualizar um conjunto de +++++, dê a palavra a
outro.
•
Objectivo e conciso – Seja sucinto, nas suas ideias, os testamentos devem ficar para a
“versão papel”.
Março 2004
Guia do e-Formando
Glossário
Para terminar, eis o registo de alguns termos que são utilizados no mundo do eLearning:
@ - Lê-se “at”. É o símbolo da internet porque aparece em todos os endereços de e-mail. Em
português é vulgarmente designado por “arroba”.
AudioConferência - Sistema de conferência audio utilizado para uma situação de formação em
linha durante a qual o formando está em contacto simultâneo (tempo real) com o seu tutor e
/ ou com os membros da sua turma.
Auto-Formação - Consiste numa modalidade de aprendizagem individual que permite ao
indivíduo formar-se ao seu próprio ritmo, utilizando recursos criados para o efeito.
Base de Dados - É um sistema informático que permite armazenar informações de forma
estruturada. Os sistemas de e-Learning podem recorrer a várias bases de dados para gerir os
recursos, os percursos pedagógicos e os participantes.
Blended Learning - Modalidade de formação que assenta no recurso ao e-Learning e à formação
presencial, desempenhando papéis complementares.
Browser - Software que permite carregar e mostrar páginas na web. Em português significa
“navegador”.
Chat - É um meio muito eficaz para comunicar por escrito, em tempo real, através da Internet,
contrariamente ao que sucede com um Fórum, que é assíncrono. Pode ser público ou privado,
isto é, permite “conversar” com todos os elementos que participam no chat, com apenas
alguns deles ou ainda com uma única pessoa.
Março 2004
Guia do e-Formando
Glossário
Download - Transferir dados dum computador para outro através da rede. Em português
significa “descarregar”.
E-mail - O correio electrónico ou e-mail (contracção de “electronic mail”) é a função mais
utilizada na Internet. Permite escrever e receber mensagens e ficheiros.
Formação a Distância - Conjunto dos dispositivos técnicos que visam fornecer um sistema
organizado de aprendizagem a indivíduos que poderão ou não estar fisicamente distantes do
organismo que presta o serviço de formação.
Fórum - É uma espécie de grande caixa de correio partilhada por todos os formandos,
organizada, onde podem colocar perguntas, dar informação, e/ou responder às mensagens
de outros formandos/Tutor. É preciso ir ao Fórum regularmente para acompanhar as
perguntas e respostas que lá são colocadas. Contrariamente ao chat que decorre em tempo
real, o Fórum dá tempo para o formando pensar e responder mais tarde.
HTML - (Hypertext Markup Language) Linguagem de programação muito usada na Internet. As
páginas escritas em HTML são lidas pelos browsers o que permite que o utilizador da Internet
visualize um documento multimédia da forma como foi desenhado por quem o produziu.
Interacção - Designa as trocas entre o Tutor e o Formando e entre este e os outros Formandos.
Março 2004
Guia do e-Formando
Glossário
Internet - Consiste numa complexa rede mundial (“International Nertwork”) constituída por
milhares de redes de computadores ligados entre si.
Log in -Conjunto de informações que permitem o acesso a certa aplicação de uso protegido. É
constituído por um Nome de Utilizador (user name) e uma Palavra Passe (password).
Modem - É um dispositivo electrónico (hardware interno ou externo ao computador) que
transforma mensagens analógicas em digitais e vice-versa.
Plug-in - Pequeno software que permite aumentar as funções multimédia do seu computador.
Sítio (ou Site) - Sistema integrado de páginas alojado num servidor de Internet.
Tutor - Designação que se dá ao Formador que exerce a sua actividade no quadro de formações
flexíveis e a distância. A tutoria a distância é um processo de acompanhamento da
aprendizagem centrado no indivíduo, nos problemas de aprendizagem e no processo
motivacional.
Web Based Training - Formação através da internet ou e-learning.
World Wide Web (Web ou WWW) - Conjunto de servidores distribuídos pelo planeta, ligados
entre si.
Março 2004
Descargar

Document