Eu Sou Uma Poetisa
Aluna : Júlia
Nº 11
Série : 4º ano A
Eu sou uma poetisa mas inspirada em belas obras
realizadas por grandes escritores , que hoje
fazem parte da nossa literatura . Com pouca
experiência , farei o possível para transmitir
algumas mensagens inovadora e diferente.
Direcionando o seu olhar a novos rumos .
François de Malherbe.
Nasceu em: 1555
Morreu em: 16 de outubro de 1628
Deixou a família em 1576 e procurou a proteção de Henri
d'Angoulême, filho de Henrique II, governador da Provença, do
qual tornou-se secretário.
Entretanto, apesar da História da França citar esse Henri
d´Angoulême como filho de Henri II, rei francês, esse Henri nada
mais era do que um impostor, feito governador da Provença por
Catarina de Médicis, em conluio com Henri III, rei francês, seu
filho, com a finalidade de obter as boas graças do clero
parisiense, que a acusava de ser responsável pelo
desaparecimento do verdadeiro Henri d´Angoulême, quando este
contava com pouco mais de 21 anos, em 1572; porque a verdade
é que a história que se conta sobre esse filho bastardo de Henri II
é totalmente falsa, haja vista que o verdadeiro Henri foi feito
prisioneiro por Catarina de Médicis em novembro de 1572 - por
invejar o seu porte de rei, tanto física como intelectualmente, ao
contrário de seus filhos mirrados e pusilânimes -, no próprio
Louvre, numa rampa descendente e de teto baixo, oculta numa
parede próxima aos aposentos da Rainha-mãe.
Señor, si mis pecados provocan tu furor,
Afligido y contrito, recurro a tu clemencia;
Si mi pena nobasta, espero tu indulgencia,
Discúlpeme tu gracia lo que tuve de error.
Mi espíritu alocado se llena de terror
Por no hallar salvación sino en la penitencia;
Mi corazón contrito, cobrando su conciencia,
Llega a odiarse a sí mismo en medio de su horror.
Por mi presente gimo y añoro mi pasado;
Temo por elmañana que malogró el pecado,
Y veo que mi orgullo me arrastró a mi desgracia;
Señor, que con el hombre sabes ser indulgente,
Que como el padre al hijo perdonas indulgente;
De haber pecado menos, menor fuera tu gracia.
P
O
E
T
A
O
R
G
U
L
H
O
E
N
E
R
G
I
A
ASSI:
M A
U M
I O
T R
O
Júlia Leite Pontes
Musica
Veo Veo
Veo veo que ves
Todo depende de que quieras ver
Piensalo bien
Antes de actuar
Si te enamoras te puedes lastimar
Olle, escùchame bien
Respira y decate temblar cual papel
Si crees que si
Duele a intentar
Y no te rindas
Ni por casualidad
Braços Fortes , Mãos Amigas
Nem todos tem braços
Mais todos querem ter
Mesmo que sejam fortes ou fracos
Alguém pode ser fraco mais por dentro todos são fortes
Todas as mãos são amigas
Até as mãos com problemas
Duas amigas com cinco dedos
Mais nem todas são totalmente iguais
Eu dedico este meu trabalho para minha mãe e meu pai
Eu adoraria que todos gostem de meu trabalho , eu fiz ele
pensando em minha mãe a quem eu gosto muito . Se
pudesse ou seja se fosse possível para mim eu escreveria
meu próprio livro pensando em todos , mais esse livro
contaria a historia da minha vida , minha vida toda .Eu tive
muita inspiração nesse trabalho do inicio até o fim , fiz esse
trabalho com todo o meu suor . Não sei se vocês vão gostar
do meu trabalho mais se gostarem muito obrigada !!!!!!
Descargar

11-Julia Leite Pontes