PSICENTER
PSICENTER PRODUÇÕES
Bom dia a todos.
Você esta recebendo um trabalho/pesquisa feito há mais de 30 anos com
o auxilio da máquina Kirlian (máquina que fotografa a aura). Fomos
pioneiro neste tipo de pesquisa. Este estudo faz parte de nossas
palestras de orientação as instituições espiritualista. Este tema nestes
30 anos já foi apresentado centenas de vezes e sempre com um grande
público. Agora desejo aumentar este publico com os recursos da internet
e passar este conhecimento a todos os meus amigos internautas e peço
também que repassem aos amigos, mantendo os devidos créditos.
Espero que divulgue junto a sua casa de estudo.
Muita paz
Márcio Pontes
www.psicenter.psc.br site de pesquisas
www.psicenter.psc.br/cev.htm (centro espírita virtual)
FLUIDOS MAGNÉTICOS E AURA
Estudos feitos com a máquina Kirlian,
enfocando basicamente o valor do passe
magnético.
Márcio Pontes – Psicólogo
Rua Silva Cardoso 125/210 - Rio de Janeiro
Tels: 2401-2628 / 9874-9650
www.psicenter.psc.br
[email protected]
A aura humana é
vista como uma
luz que envolve o
corpo. O diâmetro
varia conforme a
elevação
espiritual.
Esta foi a primeira foto
tirada por nós. Pertence
a mão do meu pai
Frontino M. Pontes.
Detalhe de um dedo
com a camada aúrica e
suas descargas
energéticas.
O fluido magnético é de
natureza tão evidente e objetiva
que pode ser visto por videntes
atravessando em forma de língua
de fogo a aura das pessoas e
projetando-se para fora do
corpo somático.
Edgard Armond
(Passes e Radiações)
Esta foi a primeira foto em
que aparece as diferenças
entre aura e fluído,
segundo Edgar Armond.
Esta foto e as próximas
mostram pessoas
“leigas” em praticas de
passes magnéticos.
Pedimos a elas que
fizessem passes entre
eles. A primeira foto
será o seu estado normal
e a segunda foto
durante o passe.
Esta é a segunda foto
com pessoas “leigas”
em passes
magnéticos. Este é o
estado em que estão
dando o passe. Eu lhe
digo que pouca coisa
Pessoa “leiga” no estado
normal...
A mesma pessoa após ensaiar
um passe magnético
Uma terceira pessoa também “leiga” no
estado normal. Foram feitas 42 fotos
de pessoas leigas, antes e depois de
tentarem dar um passe.
Este companheiro quase que
apaga totalmente o seu campo
fluídico, pois não fora educado
ainda no processo de
transmissão.
Agora iremos verificar como
acontece com os médiuns passistas
“antes do passe e durante o passe
magnético”. É sempre bom lembrar
que são fotos do dedo indicador.
Médium passista em seu
estado “normal”, antes de
aplicar o passe magnético.
O mesmo médium durante a
aplicação do passe
magnético. Perceba o jato
de luz que sai da ponta dos
dedos. É o seu campo de
energia ativado
Este é um segundo médium se
preparando para dar passes.
Notem que no seu dedo existem
pontos de luz a serem ativados
O médium anterior, na atividade do passe.
Notem que parece um Sol radiante. Na verdade
o Sol emite para a Terra energia magnética em
forma de luz e calor indispensável a nossa Vida
terrena. Somos um pequeno Sol e não sabemos
disto.
Médium em seu estado “normal” ,
preparando-se para dar o passe.
O mesmo médium em trabalho de passe.
Perceba quanta energia é capaz de emitir.
Este médium é da Igreja Messiânica.
Podemos reparar que no seu estado
“normal”, parece ativado. Segundo
informações colhidas, os messiânicos
praticam diariamente a transmissão
magnética. Na foto seguinte iremos vê-lo
em trabalho.
Médium messiânico aplicando o passe
magnético dentro dos seus conhecimentos.
Obs: O messiânico aplica os fluídos com as
mãos paradas e espalmadas para frente.
As próximas fotos são
referentes aos assistidos.
Estamos fazendo comparações
“antes do passe e após o passe
magnético”, para que possamos
avaliar as mudanças no campo
energético das pessoas.
Quando uma pessoa chega a casa
espírita para ser assistida,
geralmente ela apresenta o seu
centro de equilíbrio
desarmonizado, conforme a
figura.
Após ser assistida,
tende a reequilibrar os
seus centros de força.
Assistido fotografado antes
de receber os passes
magnéticos. Notem que seu
campo fluídico encontra-se
totalmente desarmonizado.
O mesmo assistido da
foto anterior, após
receber os passes
magnéticos. Repare
como seu campo
fluídico encontra-se
harmonizado e
direcionado.
Esta foto é de uma
assistida que estava com
os “centros de força”
desarmonizados, perdendo
com isto muita energia e
sentindo uma
emagrecimento
progressivo e
incontrolado.
A mesma pessoa anterior após o
passe magnético. Nota-se que as
emissões fluídicas agora estão
harmonizadas e direcionadas.
Pessoa muito nervosa, tensa.
Antes de ganhar o passe
magnético. Observe as
descargas elétricas
ectoplasmicas emitidas em
azul.
A mesma pessoa anterior, após o
passe.
A próxima seqüência de fotos
foram tiradas por um colega
de Belo Horizonte, Vinicius.
Segundo relato uma lagarta foi
sacrificada e fotografada
passo a passo a sua agonia até
o instante final.
Artigo copiado da revista Realidade/76
Esta foto é de uma
Lagarta
fotografada no
inicio do seu
processo de morte.
Continuando o
processo de
morte da
Lagarta.
Instantes finais da
morte da Lagarta.
Lagarta morta. No
principio, no ano de
1976, quando foi
feita esta foto, o
campo de energia era
totalmente azul, mas
a coloração se
perdeu com o tempo.
Agora veremos o “Caso Felipe”. Ele era um
garoto de 9 meses de vida, mas tinha uma
doença degenerativa muscular (não tinha
resistência) e estava desenganado pelos
médicos. Os pais, após assistirem a uma
palestra sobre passes nos perguntou se este
processo poderia ajudar o seu filho. Falamos
que estaríamos a disposição para começar um
tratamento magnético, mas a cura não
dependeria unicamente dos nossos trabalhos.
Assim foi feito e durante 9 semanas
acompanhamos em fotografia os passes. O
fato é que a criança não conseguia reter o
fluido e com isto na semana seguinte
apresentava as mesmas condições iniciais da
semana passada.
O guia espiritual da casa espírita, na época
Centro Espírita “Paulo, O Apóstolo”, sugeriu
que a criança deveria, antes do passe, tomar
um banho tépido e após o passe um banho a
temperatura normal. Perguntei-lhe a razão,
respondeu:
O banho tépido dilata os poros e relaxa a
musculatura, fazendo com que os fluidos
entranhem mais profundamente e o banho a
temperatura normal contrai, fazendo assim um
melhor acasalamento fluídico. Os pais não
aceitaram e continuamos com o processo
normal.
No dia do último passe, estava presente
conosco uma médium da Federação Espírita de
São Paulo e ela nos trouxe uma comunicação da
Irmão Sheila sobre o caso. Relata ela: Não
devemos contar passes. Tomou-se 1 agora
faltam 8, tomou-se 5 agora faltam apenas 4.
No caso daquele garoto e em outros muitos
casos, são necessários infinitos grupos de 9
passes até que se restabeleça o equilíbrio
então desarmonizado.
Mas os pais não tinham tempo para outros
passes. Trinta dias após o último passe, Felipe
veio a desencarnar.
Esta é a primeira foto tirada da
mão inteira do garoto Felipe
antes de receber o passe de
transfusão fluídica.
Após receber o passe. Estes
passes eram semanais. Mas, na
próxima semana quando se
reiniciava os passes, o primeiro
mostrava-se totalmente azul
conforme a foto anterior,
denotando que a criança não tinha
capacidade de reter os elementos
fluídicos.
As duas próximas fotos mostram um
jovem viciado em tóxico injetável. Este
jovem era nosso conhecido e
encontramos ele na avenida. Ele relatou
que estava procurando um local para
tomar a dose. Sabíamos que palavras
não iriam naquele momento retirar-lhe
a vontade. Oferecemos o nosso espaço
de pesquisa, contanto que o ato fosse
por nós fotografado e pesquisado.
Aceitou. Após a conclusão dos estudos
do seu caso, nosso amigo ficou tão
admirado do efeito nocivo no seu campo
energético que nunca mais pensou em
praticar tal “suicídio”.
Jovem viciado em drogas
antes de ingerir a cocaína.
Jovem drogado, sentindo os seus
efeitos. Perceba que os elementos
fluídicos vitais estão sufocados.
Esta seqüência fotográfica foi feita
durante uma briga de bate-boca entre três
pessoas, dentro de uma imobiliária. Os três
achavam que tinham direito a uma comissão
de venda maior por diversas razões. E com
isto se agrediam verbalmente. A cada
instante que um saia da sala para “respirar
melhor” eu o convidava para entrar na
minha sala e já estava com a máquina
pronta. E assim aconteceu com os três. E
quase que apanho dos três, pois acharam
que eu estava brincando com uma coisa que
para eles era muito “séria” .
Pessoa em estado de Ira,
raiva no momento de uma
briga, um bate- boca.
Outra pessoa na mesma condições e na
mesma oportunidade.
Na mesma oportunidade o terceiro
elemento do bate-boca. Perceba as
descargas nervosas ectoplásmicas em
branco azulado.
Agora iremos observar o estado de
relaxamento, quase uma meditação.
Notem o equilíbrio dos campos de
energia, sem nenhum excesso e muito
uniforme.
Pessoa em pleno relaxamento.
Inicio de meditação.
As mesmas condições
da foto anterior e na
mesma oportunidade,
mas outra pessoa.
Outra pessoa na
mesma oportunidade
anterior.
Duas crianças foi por nós fotografadas
espontaneamente. Repare que crianças
tem uma energia muito grande,
principalmente na época de crescimento,
fazendo com que muitos pais pensem que
elas tem problemas e com isto buscam a
medicina para acalmá-las. Mas este
estado é natural e necessário ao
desenvolvimento infantil.
Dedo de uma criança. Notem quanta
energia...
Outra criança da mesma faixa
etária.
As próximas fotos foram tiradas numa
casa umbandista. Os dirigentes nos
solicitou que fossem feitas fotos dos
médiuns no estado “normal” e no estado
de “incorporação”. E assim foi feito.
Médium umbandista
antes do processo de
“incorporação”.
O mesmo médium no estado
“incorporado”.
Outro médium
umbandista no
estado normal.
Antes da
incorporação.
O mesmo médium
anterior,
incorporado.
Outro médium,
na mesma
oportunidade
dos anteriores,
no seu estado
normal.
Médium
“incorporado”.
Este é o estado
normal do médium
presidente dos
trabalhos da noite.
Médium presidente no
estado de
“incorporação”.
Esta foto foi feita
no IBPP, Instituto
de Pesquisas
Psicobiofísicas, em
São Paulo, pelo Prof°
Hernani Guimarães
Andrade. Esta foto
é muito conhecida
por “Efeito
Fantasma”.
Esta foto é de um
anel impregnado
dos fluídos
magnéticos da
pessoa que estava
usando.
Esta foto que veremos agora é muito especial. Ela foi foi
feita sem nenhuma preparação. Pois coloquei sem querer, “
ao acaso”, um livro de capa preta e nesta capa esta
inserido em dourado e baixo relevo a figura cristã, o livro
chamava-se “Caminhos da Fé”. Esqueci este livro encima do
dispositivo onde se coloca o filme para fotografias Kirlian.
No escuro, quando fui fotografar, esqueci de retirar o
livro e coloquei o filme exposto encima do livro, bem
encima da figura do Cristo. Fotografei pensado estar
fotografando o meu dedo e saiu esta foto. Repare que os
lábios parece esfolado em sangue. Um filete de sangue
desce da testa, simulando os cortes feito pela coroa de
espinhos...e mais, a aura branca a envolve-lo . Depois tentei
fazer melhor, mas não consegui nem mesmo o resultado
inicial. É com esta foto que costumo encerrar as minhas
palestras sobre este tema.
Esta foto é
única...
Este trabalho de pesquisa foi feito no ano de 1976,
contando com a ajuda dos centros espíritas “Paulo, O
Apóstolo” e “Issac Lima”, e com inteiro apoio dos
respectivos presidentes Sr. Otávio e Sr. Benigno.
O meu maior incentivador foi o meu Pai, Frontino M.
Pontes, que a todo momento me alimentava de instruções e
idéias devido ao seu potencial de conhecimentos nesta
área.
Este trabalho é para uso universal, e pode ser exibido sem
restrições. Apenas peço os devidos créditos.
www.psicenter.psc.br/cev.htm
Márcio Pontes - Psicólogo
Descargar

Energias - Psicenter