“A Intervenção Mínima como conhecimento
gerado na Universidade e aplicado em todos
os níveis de atenção à saúde”
A Intervenção Mínima em Clínica Odontológica –
Adair Luiz Stefanello Busato – ULBRA, RS
A Intervenção Mínima em Odontopediatria –
Ana Cristina Bezerra Barreto – UCB, DF
Intervenção Mínima e Promoção da Saúde –
Rui Vicente Oppermann - UFRGS.
MOUNT, G.J,; HUME, W.R
A revised classification of carious lesions by site and size.
Quint. Int. 28: 301-303, 1997
ROULET,J.F.; DEGRANGE, M
Adhesion: the silent revolution in Dentistry.
Quintessence Book, Chicago, 2000.
BUSATO. A.L.S; HERNANDEZ. P.A.G; MACEDO.R.P;
Dentística. Restaurações Estéticas.
Editora e Livraria Artes Médicas , São
Paulo, 2002
PROFUNDIDADE
0 = mancha branca /cavitação em esmalte
1 = rasa: até 1/3 da dentina
2 = média: até 2/3 da dentina
3 = profunda + de 2/3 da dentina
4 = muito profunda = menos de 0,5mm de dentina
5 = envolvimento pulpar
6 = DENTE DESVITALIZADO
TRATAMENTO
Remineralização
Remineralização
do esmaltedo/ esmalte
plastia em esmalte
Restauração adesiva
Proteção ( hidróxido de cálcio e ou ionômero de vidro ) + restauração
adesiva
Tratamento conservador ( proteção com hidróxido de cálcio + ionômero de
vidro) + restauração adesiva.
Reforço do remanescente – Restauração adesiva ou......
PROCEDIMENTOS MÍNIMOS.....
Descargar

A evolução técnica e filosófica da Odontologia