COOPERAÇÃO FIOCRUZ-INSERM
Competência Informacional
de Alunos de Pós-Graduação
em Saúde Pública
Beatriz Vincent
Julho/2010
MAR/2010 – MAR/2012
Competência Informacional de Alunos de Pós-Graduação em Saúde Pública
INTRODUÇÃO
A tomada de decisões em saúde requer competências
na busca da informação.
Habilidades desejáveis:
• Saber identificar e buscar recursos que vão além
daqueles da literatura produzida eletronicamente;
• Reconhecer limitações seja do domínio temático seja
dos recursos oferecidos pela instituição;
• Conhecer o escopo das bases de citações, indexação e
convenções, bem como o formato do registro online a
fim de garantir a relevância da base de citações
selecionada para o que é de fato buscado e a
adequação dos métodos de recuperação (Alpi, 2005).
Competência Informacional de Alunos de Pós-Graduação em Saúde Pública
INTRODUÇÃO
O pesquisador de SP brasileiro conta com um conjunto
de recursos online.
Ter acesso a Internet não é, entretanto, condição
exclusiva para usá-la.
Programas de treinamento especialmente desenvolvidos
são necessários para que o uso dos recursos
disponíveis não seja dificultado uma vez que
(1) a diversidade dos temas contemplados pela SP faz
da busca de informações uma tarefa ainda mais
complexa (Alpi, 2005);
(2) portais internacionais como o PubMed da Biblioteca
Nacional Americana estão em inglês; a proficiência no
idioma é um fator interveniente já estabelecido para seu
uso eficiente (Mouillet, 1999).
Competência Informacional de Alunos de Pós-Graduação em Saúde Pública
OBJETIVOS:
(1) Descrever a Competência
Informacional do aluno ingressante na
Pós-Graduação em SP;
(2) Avaliar um programa de treinamento
em Competência Informacional voltado
para o aluno ingressante na PósGraduação em SP.
Competência Informacional de Alunos de Pós-Graduação em Saúde Pública
OBJETIVOS ESPECIFICOS
1) Analisar estudos que aplicaram questionários para aferir competência
informacional em estudantes de saúde pública, particularmente seus objetivos e
métodos, bem como formato e conteúdo dos instrumentos utilizados, tendo em vista
sua adequação aos nossos interesses (ESTUDO1).
2) Descrever a competência informacional dos alunos ingressantes na PósGraduação Stricto Sensu em Saúde Pública ENSP-FIOCRUZ e Université Victor
Segalen Bordeaux 2, França (ESTUDO2);
3) Desenvolver e realizar um treinamento em Competência Informacional em Saúde
Pública voltado para o manejo da base de citações eletrônica MEDLINE através da
interface PubMed e dirigido ao aluno ingressante na Pós-Graduação Stricto Sensu
em Saúde Pública da ENSP–FIOCRUZ. Avaliar seu impacto junto aos alunos
participantes, isto é, testar a hipótese de que o programa de treinamento proposto
trará a melhoria significativa na desempenho dos participantes em buscas na base
de citações MEDLINE via interface PubMed aferidas por um instrumento objetivo de
avaliação (ESTUDO3)
Competência Informacional de Alunos de Pós-Graduação em Saúde Pública
METODOLOGIA:
ESTUDO1: Realizar revisão da literatura para identificar questionários que
investigam competência informacional em alunos de Saúde Pública. Tipo de Estudo:
Revisão de literatura na base de citações MEDLINE via interface PubMed no período
de 1998 a 2010. Argumentos de busca utilizados: Information Storage and Retrieval,
Questionnaires, Internet literacy, Literature retrieval, Pubmed, Medline, Lilacs,
Students, Public health. Critérios de inclusão e exclusão segundo publicação de
Jacobs and cols (2003). (FALTA REPETIR ENTRE 2008 A 2010)
ESTUDO2: Realizar estudo seccional em competência informacional de alunos das
coortes 2009, 2010 e 2011 ingressantes na Pós-Graduação Stricto Senso da ENSPFIOCRUZ (Estudo aprovado pelo Comitê de Ética da ENSP (CAAE 0182.0.031.00008). Tipo de Estudo: estudo seccional. Instrumento: questionário « COMPETENCIA
INFORMACIONAL DO ALUNO DE SAÚDE PÚBLICA DA ENSP-FIOCRUZ »
adaptado de Martinez-Silveira and Oddone (2008). População: alunos ingressantes
na Pós-Graduação Stricto Sensu em Saúde Pública da ENSP–FIOCRUZ;
Amostragem: Durante o período de matrícula, os alunos do Stricto Sensu (SS)
receberam um e-mail com o questionário do estudo e Termo de Consentimento
Esclarecido (TCLE) em arquivo anexo. O questionário e o Termo de Conhecimento
Livre e Esclarecido (TCLE) serão impressos, preenchidos e colocados em envelope
a ser depositado em urna na Secretaria Acadêmica ou postado pelo correio. Para
2011 a metodologia deverá ser ligeiramente alterada (Em andamento)
ESTUDO2, Bordeaux, França
Competência Informacional de Alunos de Pós-Graduação em Saúde Pública
METODOLOGIA:
ESTUDO3: Realizar estudo de intervenção para identificar o impacto de um
treinamento em competência informacional em alunos das coortes 2009 e 2010
ingressantes na Pós-Graduação Stricto Senso da ENSP-FIOCRUZ. Tipo de Estudo:
estudo de intervenção, prospectivo, quase-randomizado, pré x pós-treinamento,
pareado, cegamento na análise. Critérios de inclusão: Ser pós-graduando do SSENSP e desejar participar do estudo. Critérios de exclusão: curso em
computação/informática ou ciência da informação/biblioteconomia em qualquer nível;
experiência profissional nas áreas acima dentro ou fora da instituição. Instrumento:
No estudo original de Ramos e cols. (2003), as respostas eram anotadas em papel.
Na nossa abordagem, iremos “fotografar” a janela HISTORY do site PubMed que
exibe as expressões de busca utilizadas pelos indivíduos. As expressões de buscas
exibidas na janela HISTORY do PubMed revelam a forma com que a base foi
pesquisada. Recursos como a aplicação da opção LIMITS do PubMed, operadores
booleanos, descritores MeSH, entre outras estratégias serão comparados com a
seção de busca no MEDLINE do Teste de Fresno (Ramos e cols, 2003) e os scores
para cada candidato antes e depois da intervenção serão calculados. A medida de
resultado será, assim, o valor da diferença entre o score final (pós-treinamento)
menos o score inicial (pré-treinamento). (Em andamento).
Competência Informacional de Alunos de Pós-Graduação em Saúde Pública
Referências Bibliográficas
•
Alpi KM. Expert searching in public health. J Med Libr Assoc. 2005 Jan;93(1):97-103.
•
Jacobs SK, Rosenfeld P, Haber J. Information literacy as the foundation for evidencebased practice in graduate nursing education: a curriculum-integrated approach. J
Prof Nurs. 2003 Sep-Oct;19(5):320-8.
•
Martinez-Silveira MS, Oddone N. Information-seeking behavior of medical residents
in clinical practice in Bahia, Brazil. J Med Libr Assoc. 2008 Oct;96(4):381-4.
•
Mouillet E. Language barriers and bibliographic retrieval effectiveness: use of
MEDLINE by French speaking end users. Bull Med Libr Assoc. 1999, Oct;87(4):4515.
•
Ramos KD, Schafer S e Tracz SM. Validation of the Fresno test of competence in
evidence based medicine. BMJ 203; 326; 319-321.
Obrigada!
[email protected]
Descargar

17/03/09