Como cuidar do
novo Convertido?
Galatas 4:19
Meus filhinhos, por quem de novo sinto as dores de
parto, até que Cristo seja formado em vós.


Deus é o Criador de toda humanidade e estabeleceu princípios
rígidos que regem o desenvolvimento do homem e possibilita a
perpetuação da sua espécie. Há grandes paralelos entre o
desenvolvimento natural do homem e o seu desenvolvimento
espiritual. A Bíblia mesmo faz alusões a estas situações levandonos a perceber as realidades destes fatos e permitindo-nos tomar
as devidas providências em todas as fases de desenvolvimento do
nosso ser.
Para entendermos melhor essas realidades vamos caminhar passo
a passo no período do desenvolvimento humano e vamos olhar
para o desenvolvimento espiritual entendendo a maravilhosa
perfeição de Deus em toda a Sua criação, e como tais realidades do
físico têm muito a ver com as realidades espirituais.
Efésios 4:13
Para que não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento
de doutrina, pelo engano dos homens que com astúcia enganam fraudulosamente.
A FASE DO RECÉM-NASCIDO
 Inicia-se no instante do nascimento e
termina com a queda do coto umbilical.
Tem a duração, em média, de sete dias e
vai depender dos cuidados que irá receber
para desenvolver-se satisfatoriamente. Da
mesma maneira acontece com o bebê
espiritual, e este necessitará:
Sugestões:
Festa na terra

Assim vos digo que há festa diante dos anjos de Deus por um
pecador que se arrepende. (Lucas 15:10)
Sugestão:
Criar o Ministério de Consolidação;
Cartão de Decisão.
1º Alimentar-se da Palavra de
Deus para permanecer vivo

¨Não só de pão viverá o homem, mas de toda Palavra de Deus”
(Mt. 4:4). Assim como um bebê natural necessita do seio de sua
mãe, também o bebê espiritual precisa nutrir-se da Palavra de
Deus, porque é o único elemento que pode ajudá-lo no crescimento
espiritual. ¨Desejai ardentemente, como crianças recém-nascidas o
puro e genuíno leite espiritual, para que por ele seja dado
crescimento para a salvação” (I Pe 2:2). Devemos estar bem para
ajudarmos os bebês que estão chegando, pois a Bíblia diz: “Ora,
todo aquele que se alimenta de leite é inexperiente na Palavra da
justiça, porque é criança” (Hb 5:13). Um bebê não pode cuidar de
outro bebê, por isto devemos manejar bem a Palavra de Deus e
aplicá-la especialmente em nossas vidas, tendo a vida de Deus e
um caráter irrepreensivo, qualidades que os adultos espirituais
certamente possuem.
2º Manter uma vida de oração
permanente

Seja lá o que estejamos fazendo durante o dia,
os nossos corações devem pulsar pelo Pai
celeste, pois tudo no mundo e em nossas vidas
depende da oração. Disse Jesus: “...porque sem
mim nada podeis fazer” (Jo 15:5). A oração é o
meio de comunicação estabelecido por Deus;
ela é tão imprescindível que Jesus, que não
ensinou os seus discípulos a pregar, os ensinou
a orar. Nós também vamos ensinar a nossos
bebês como devem se comunicar com o Pai.
3º Dar testemunho da sua fé

Como um choro que o bebê não pode conter, os
novos crentes podem dizer: “não podemos
deixar de falar das coisas que temos visto e
ouvido” (Atos 4:20). E fazem como a mulher
samaritana que... “deixou o seu cântaro, foi à
cidade e disse...vinde, vede um homem que me
disse tudo quanto tenho feito...(Jo 4:28,29)
4º Ser incentivado a ter
comunhão com outros cristãos

A igreja primitiva tinha como característica perseverar na
comunhão uns com os outros (At. 2:42). “Consideremonos uns aos outros, para nos estimularmos ao amor e às
boas obras; não deixando de congregar-nos, como é
costume de alguns, antes, façamos admoestações, e tanto
mais quando vedes que o dia se aproxima” (Hb. 10: 2425). Devemos andar e estar na luz, para que tenhamos
comunhão uns com os outros e assim, o sangue de Jesus
nos purificará de todo pecado (I Jo. 1:7).

Atualmente, como já é de rotina nas maternidades, os
recém-nascidos são avaliados do ponto de vista médico
nos aspectos: aparência, pulsação, reflexo e respiração.
Os bebês espirituais também precisam ser avaliados
para sabermos se estão desenvolvendo-se normalmente
com meditação na palavra de Deus; vida ativa de
oração; testemunho de sua fé; comunhão com os outros
cristãos e exercício da fé em todas as áreas – espiritual,
física, sentimental, etc – e isto se dá através do
acompanhamento individual (discipulado) dos Grupos
Pequenos.
 Segundo
pesquisas de alguns
psicólogos, os recém-nascidos
apresentam dois tipos de reações
emocionais:
Segundo pesquisas de alguns psicólogos, os recémnascidos apresentam dois tipos de reações
emocionais:



Bem-estar físico – apresentam manifestações de que estão satisfeitos e
confortáveis, o que se traduz por relaxamento muscular, sono prolongado e
esforço de sorriso.
Mal-estar físico – apresentam manifestações de insatisfação, por estarem
com fome, molhados, com frio ou muito agasalhados, com sono ou alguma
dor, que traduzem em agitação dos membros, choro ou modificação na
respiração.
Lembre-se: o recém-nascido (novo convertido) que você cuidará, deve
apresentar reações de bem-estar, e da maneira que você está cuidando
dele, ele irá cuidar dos outros bebês quando estiver adulto, maduro. Tudo
que você fizer com ele, assim ele fará com os outros; terá a sua cara, pois
se espelhará em você.
Sugestões:
Até 48 horas: Fono visita
Até 7 Dias: Fazer uma visita:
– Estudar Manual do Discípulo,
Livro “Você é o melhor de Deus”
A PRIMEIRA INFÂNCIA



Inicia-se com a queda do coto umbilical e termina quando a criança
aprende a falar, andar, alimentar-se sozinha (desmame) e com o
aparecimento da primeira dentição.
Na primeira infância espiritual o novo convertido apresenta indícios de que
está crescendo: lê a Bíblia sozinho; consegue se expressar através da
oração; dá testemunho de sua fé; tem interesse nas reuniões, e o
crescimento é visível e palpável.
Piaget (grande psicólogo), ao descrever o desenvolvimento intelectual da
criança, chama essa fase de sensório-motora, pois o bebê está recebendo
por seus órgãos sensoriais, as estimulações do ambiente, que vão agindo
sobre ele. Assim vai nascendo sua inteligência e seu conhecimento da
realidade. Igualmente acontece com o bebê espiritual; todo ensino,
estímulo, incentivo que lhe dermos, ele irá receber; o que muito o ajudará a
desenvolver-se espiritualmente, e com certeza se refletirá em outras áreas
de sua vida. “Ensina a criança no caminho em que deve andar e quando for
velho não se desviará dele” (Pv. 22:6).
Sugestões:
Encaminhar o novo crente ao grupo
pequeno;
Encaminhar o novo crente a classe de
integração Escola Bíblica Dominical.
A SEGUNDA INFÂNCIA


Tem início com a aquisição da linguagem e da locomoção e termina
com o ingresso na escola maternal. Nesta fase a criança espiritual
tem um desenvolvimento bastante significativo onde já expressa a
linguagem do reino. “Da boca dos pequeninos e dos que mamam,
tiraste força, por causa dos teus adversários, para fazer emudecer o
inimigo e vingador” (Sl 8:2).
De acordo com grande número de psicólogos, os valores morais da
criança pré-escolar são os dos seus pais. Igualmente acontece com
a criança espiritual: tudo que seus pais na fé lhe ensinarem, ela
absorverá como certo, inclusive pequenos detalhes que muitas
vezes não percebemos.
A FASE DA MENINICE

Começa com a entrada na escola fundamental e termina com o
crescimento acelerado do indivíduo (puberdade). É a fase em que a
criança espiritual começa a andar sozinha, porque os seus
horizontes são bastante ampliados devido às experiências que ela
passa a vivenciar pessoalmente e aprende a depender totalmente
do Senhor, a partir do momento em que as respostas de suas
orações são evidenciadas. Esta é a fase das operações concretas,
onde a criança só entende aquilo que existe de forma concreta; com
as respostas das orações, a criança espiritual continua crescendo e
crendo na Palavra de Deus com todo coração. Aqui o novo ser em
Cristo ingressa no Curso de Capacitação de Liderança; neste
momento estudará sobre os rudimentos da fé, aprenderá a
caminhar com Jesus e compreenderá as letras que o conduzirão à
salvação.
A ADOLESCÊNCIA


É caracterizada pelo aparecimento dos caracteres sexuais secundários;
nas meninas surgem os seios, a menarca, o alargamento do quadril, etc.
Nos meninos aparecem o engrossamento da voz, o alargamento do tórax e
os pêlos pubianos.
Esta é a fase do crescimento mais visível e acelerado da criança espiritual;
é o maior pico de crescimento, onde todos percebem como a criança se
desenvolve; está evoluindo, saindo das operações concretas para o estágio
das operações formais. Aprende que algumas orações obterão respostas
imediatamente, enquanto que para outras terá que exercer uma Fé mais
madura e aguardar o tempo do Senhor, que sempre responde as nossas
orações, e na Sua onisciência sabe o que é melhor para cada um de seus
filhos, inclusive o tempo apropriado para recebimento das respostas.
Descargar

Como cuidar de um novo Convertido?